Sobre o “dia das crianças”

outubro 11, 2016

Esse “negócio” de presente no dia das crianças sempre foi uma coisa um pouco desconfortável pra mim. Primeiro, que quando criança eu raramente ganhava presente nesta data (isso não é uma queixa mãe!), e isto talvez tenha me ajudado na elaboração de entendimento (o possível) da data. Depois, porque pensava: “sou criança todos os dias, não em um só!”.
Mas afinal de contas, como podemos refletir sobre a data extremamente comercial ????

O castelo tem rendido muitas brincadeiras!
Nesse bonde sem freio de atrolhar nossas crianças de mais brinquedos, e e mais comerciais de TV e mais e mais e mais, as coisas mais simples (e de que eles e elas mais precisam, na minha opinião), vão sendo secundarizadas cada vez mais… Os adultos que cuidam trabalham cada vez mais para ter dinheiro para comprar o que as crianças “precisam”, se culpam cada vez mais… A gente está pensando em ter o segundinho, e é bem comum ouvir de amigos “ah a gente até queria, mas é muito gasto”… claro que criança demanda dinheiro… mas será que demanda tuuuuuudo isso??? Precisa de boneca de 500 reais? Precisa de calça jeans de 150 (que vai durar 6 meses no máximo?). Precisa de quarto de 5.000?
Se sou contra dar presentes para as crianças? Claro que não! Adoro presentear minha pequena e curtir brinquedo novo com ela! Mas as vezes o brinquedo novo pode ser uma coisa bem menos óbvia e tão interessante quanto o que aparece na televisão.
Tá bem, aqui em casa, Olga não assiste televisão. Só netflix, muito bem supervisionado pelos adultos. Nada de canais com aquela violência comercial toda.
Mas quer ver só, semana passada compramos  aspirador de pó novo e após tudo montado, a caixa interna do aparelho serviu para ela e o pai transformarem rapidamente num castelo!
Isso quer dizer que é melhor dar uma caixa de papelão ao invés da Casa da Barbie? (Você pode me perguntar!)
E eu respondo:
Eu penso que isto quer dizer que mais do que brinquedos novos ou caixas de papelão, as crias precisam é ser priorizadas. Precisam é de tempo e dedicação dos adultos que estão ao lado dela.
Se Olga vai ganhar brinquedo novo no dia das crianças? Ainda não sabemos, talvez ganhe alguma coisa sim, mas para brincarmos todos juntos, porque aqui em casa tem mãe e pai presente todos os dias, tem refeição junto, brincadeiras, e tempo junto todos os dias. Aqui em casa todos os dias são deliciosos dia das crianças!

Posts Relacionados

0 comentários

Posts Populares